BLOG

Por Jéssica Costa em 04/05/2016 Última atualização -

O choro do bebê

Sem dúvida, assunto mais forte não há. Porque o choro está ligado com o nosso EU. O quanto nós estamos conectadas com nós e com nossos medos. A tolerância ao choro mexe em arquivos adormecidos no cérebro e vem à tona como uma bomba o seu passado, seus pais, sua criação, sua percepção de vida, valores, traumas, amarguras (e por aí vai).

 

Se eu escuto choro e entendo que é uma comunicação é totalmente diferente de ouvir um choro é pensar que meu filho está “morrendo”.

 

Ouvir um choro e pensar “meu filho precisa de algo” é totalmente diferente de pensar “eu sou péssima mãe porque não entendo meu filho”.

 

Quanto maior sua conexão com seu EU maior o seu entendimento desse momento ímpar e que precisa de tranquilidade, amparo e sabedoria.

sentimentos 

mãe 

bebê 

cólicas 

choro 

RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS