Olá, Visitante
Instituto Somos Pais - Instituto de Educação Integrativa - Família, Educação & Espiritualidade
por Jéssica Costa
BLOG

Porque meu filho não dorme?


sono, bebê, dormir, educação



Por Jéssica COsta Postado em 08/04/2017 Atualizado em 10/05/2017



PORQUE MEU FILHO NÃO DORME?

É verdade que esse é um retrato comum das famílias do século XXI, que por sua vez, é o século da informação e tecnologia. Um tanto quanto contraditório, não? Afinal, temos a informação na palma da mãe e nos piscar de olhos, ou clicks. Mas porque então tanta dificuldade no sono do filho?

Alguns fatores precisam ser analisados para entendermos as causas.

É muito comum as atuais mães, com seus filhos de até 3 anos, ouvirem das mães mais antigas, e atribuímos inconscientemente experiência a elas, que antigamente não existia tanto problema no sono como temos hoje. Sim, é verdade. Nisso as mamães experientes tem toda razão. Porém o que elas não entendem é que existem novas variáveis atribuídas a essa nova mãe que muda completamente o cenário do sono.

A primeira variável é o próprio avanço sócio econômico cultural a qual vivemos. Quer dizer que antes a cultura era de confiança nos vizinhos, de família reunida ao redor da mesa, de brincadeiras ao ar livre, de trabalhar sua jornada e retornar para casa, de contato com natureza, de viver a vida que seguia seu fluxo natural. E hoje, em plena era da informação, a vida deixou de ser seguida de forma natural e passou a ser “perseguida”. É um novo modelo de pensar, sentir e agir. Logo, essa nova mãe tem um novo mundo a qual vive e nele novas cobranças. E a cobrança é o caminho contrario do caminho tranquilo e reparador dos sonhos.

Uma segunda variável é novo perfil profissional. Antes, trabalhava-se basicamente para ter o sustento da família. Hoje, o trabalho precisa ser criativo, inovador e desafiador. Os pais de hoje querem sempre mais e com isso ultrapassam os limites do próprio corpo. E muitas vezes, se afastam dos filhos. E começa um jogo de compensações e desculpas. Não tenho tempo para ele, por isso, permito que faça tudo. A sobrecarga no trabalha afasta o ser humano da sua sintonia interna e por isso surgem compensações e as dificuldades no soninho.

Uma terceira variável é o papel da mulher profissional no mercado de trabalho atual. Essa mulher hoje tem inúmeras atribuições e muitas delas querem ser bem sucedidas em todos os papeis. Naturalmente, não consegue, pois é um ser humano e não robô. A consequência da sobrecarga de muitos papéis é uma falha em algum desses, como por exemplo, no ensinamento do sono.

Uma quarta variável é o ritmo em que muitas famílias vivem ou se permitem viver. Não ter rotina, hábitos saudáveis, rituais, confiança e segurança no processo educacional (dentre outros) propiciam um ambiente desconfortável e a criança não entende o processo e nem como dormir.  

O que podemos perceber indubitavelmente é o aprendizado cultural que os pais atuais têm com os antigos. Ensinamento cultural sempre é uma soma na educação dos filhos. Mas também precisamos do entendimento dos antigos pais para o mundo atual e suas peculiaridades.

 

Sempre é possível mudar o caminho das coisas, só é preciso acreditar e querer a mudança.

 

 

Texto publicado na Revista Vilas Magazine:

https://issuu.com/vilasmagazinelaurodefreitas/docs/vilas_magazine_web_1bf5d76e52f945



 



Comentários


Porque todo amor do mundo cabe aqui dentro